Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Os desafios de Zé Ricardo

Desafios de Zé Ricardo (Foto: Reprodução)

Três jogos no campeonato carioca e o Botafogo ainda não sabe o que é vencer na competição. A cada rodada que passa sem um resultado positivo, a situação fica cada vez mais complicada para a equipe do técnico Zé Ricardo. Um olhar mais atento e de boa vontade com o Botafogo, consegue encontrar evolução na equipe, mas a impressão é de que Zé Ricardo ainda tem muita coisa a acertar para evoluir o time.

As atuações abaixo do Botafogo são perfeitamente compreensíveis a medida em que o time perdeu peças fundamentais do elenco nos últimos anos. Aliás, na última janela de transferências, podemos citar Igor Rabello, Moisés, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Brenner que não seguiram na equipe. A qualidade de cada um desses citados pode ser questionada pelo torcedor, mas não há como negar que eram titulares e que tinham sua importância para o entrosamento do time. Isso aí certamente tem um grande peso para a dificuldade do Botafogo em se encontrar em campo. Além disso, outros dois jogadores importantes (Joel Carli e Léo Valencia) ainda não estrearam no ano.

Arrumar o elenco com tantas modificações e dar uma cara nova ao Botafogo é o primeiro dos desafios de Zé Ricardo. O treinador tem a tarefa de refazer uma equipe praticamente do zero e sem tempo para erros, já que os resultados precisam aparecer o mais rápido possível.

Outro grande desafio para Zé Ricardo é retomar a confiança dos jogadores. O Botafogo até contratou um psicólogo para integrar a comissão técnica e trabalhar com os atletas no sentido mental, o que é muito importante. Mas somente Zé Ricardo poderá organizar seu time para não haver descontrole em um placar desfavorável ou relaxamento diante de uma vantagem. Também nesse sentido, o treinador precisa fazer os jogadores enxergarem que há evolução na equipe, mesmo que, até o momento, os resultados não tenham aparecido.

Ainda essa semana, o Botafogo terá mais um desafio aonde será favorito. O time vai encarar o Resende, no Nilton Santos. Claro que uma vitória nesse momento será muito importante para tentar recuperar o moral dos jogadores, que certamente está abalado. Mas se a vitória não vier, também não é cenário de terra arrasada. O Glorioso já mostrou uma certa evolução contra o Flamengo e a tendência é conseguir jogar ainda melhor na próxima partida.

Deixe seu comentário: